quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

E N T R E V I S T A


Olá meus amigos, hoje temos uma postagem especial, para trazer a vocês uma entrevista com os autores de duas webcomics; que foram postadas aqui no blog, que teve uma grande repercussão entre nossos amigos (Batman: O Acordo, e Superman: O Ultimo Deus). E também para anunciar um novo projeto do blog para 2016, que será trazer outros trabalhos deste dois grandes artistas mexicanos dos quadrinhos.
Conheçam então Gerardo Preciato e Daniel Bayliss, e o seu belo trabalho.


Gerardo Preciado é um escritor, ator e músico nascido em Chihuahua, México, em 18 de agosto de 1979. Ele desenvolveu um amor pelas história em quadrinhos, filmes e música no início, principalmente a partir de seu irmão mais velho ( baterista) e seu pai, um grande fã dos Beatles.
Ele já atuou em curtas-metragens como Corredores da Morte contra as Mulheres Vampiras, O Homem da Mão Peluda e Il Proiettile Insanguinato, todos dirigidos pelo irmão Roberto Preciado. Em 2013, ele ganhou um elogio de Robert Rodriguez, por twittar-lhe uma "idéia inicial" para o curta-metragem.
Como músico, ele lançou seu primeiro álbum Revelator como The Atlantas em 2008, Metropolypse (2009) e Lux Speculum (2010) seguido
Em 2011 ele começou a Musike Di Diable, uma gravadora um homem, onde ele atua como produtor, compositor, artistas e toca todos os instrumentos, o primeiro lançamento sendo uma compilação de seu projeto anterior The Best of the Atlantas, ele também assinou garagem para um homem duo Ambidextroux e banda eletrônica velha synth escola antiga Ordem dos Droids (a si mesmo). Ele está atualmente focado em escrever música para filmes, bem como desenvolver novos actos para a etiqueta.
Ele conheceu o artista Daniel Bayliss na faculdade enquanto estudava Arquitetura, e setornaram grandes amigos e começaram a fazer quadrinhos e música, em 2011 eles começaram a fazer os contos que acabaria por se tornar Moonhead Press, o primeiro a ser publicados, uma homenagem a Batman intitulada O Acordo, que tive mais de um milhão de visualizações na primeira semana de lançamento, o Ultimo Deus sobre o arquétipo de Superman foi um sucesso de crítica também, eles estão atualmente preparação a sua primeira graphic novel.



Daniel Bayliss é um caricaturista mexicano e criador de histórias em quadrinhos. Nascido em 02 de dezembro de 1979 na cidade de Hermosillo. Ele estudou arquitetura na Universidade de Sonora, e trabalhou nesta área por vários anos.
Seu trabalho como cartunista foi publicada em revistas políticas mexicanos desde 2002. Em 2011 ele criou deathtotheillustraitor.blogspot.com com suas próprias ilustrações originais.
No verão de 2013, ele e seu amigo de muitos anos, o escritor Gerardo Preciado criaram Moonhead Press como a saída para muitas histórias curtas que tinham produzidos juntos. No Moonhead Press eles lançaram, uma homenagem a Batman e o Coringa (O Acordo) e O Ultimo Deus (homenageando Superman).
Eles estão trabalhando em sua primeira Graphic Novel.
Ele está atualmente trabalhando no Crescimento Studios a nova série Translucid, escrito por Coheed and Cambria vocalista Claudio Sanchez e esposa Chondra Echert.
Daniel Bayliss vive em Hermosillo, México com sua esposa Karla e seus dois filhos, Daniel e Barbara.

Entrevista com Gerardo Preciado e Daniel Bayliss,
Autores de Batman: O Acordo.

Batman: O Acordo, foi um grande sucesso e seu primeiro post como essa história nasceu?

Geraldo Preciato: Ela nasceu ao falar com um amigo que está tentando trabalhar para a DC Comics, e eu disse a ele que eu não achava que eu poderia vir a escrever uma história de Batman, que, é claro, tornou-se uma pequena semente em minha cabeça e de repente veio a súbita ideia, falei com Daniel, e ele acreditou que poderia fazê-lo, você vê, isso é o meu tipo de trabalho em Moonhead Press, para chegar a uma história conto com o esforço que o Daniel coloca sobre ela, por isso, se ele não gosta da ideia, nós não fazemos.

Daniel Bayliss: Bem, é realmente fácil de trabalhar desta forma, e com o tipo incrível de histórias que Gerardo cria é sempre agradável trabalhar.

Você usou o Coringa, um dos vilões mais queridos pelos leitores, dando-lhe uma caracterização forte e fascinante, o que é o Coringa em sua opinião, o que o torna tão amado?

Geraldo Preciato: Eu acho que as pessoas gostam dele, porque eles gostariam de deixar de seguir todas as regras e todas as responsabilidades, e apenas ser livre, livre para fazer o que quiser, independentemente das consequências. É claro que ele é um gênio do crime, mas a maioria das pessoas concordaria que ele é louco, eu pensei, e se nós fossemos todos loucos, e ele a exceção? e que Batman seria o mais louco de todos?


Batman - O Acordo:

Quais autores te inspiraram para Batman: O Acordo, e que geralmente influenciam seus trabalhos, de forma gráfica e do lado da narrativa?

Geraldo Preciato: É claro que eu amo Alan Moore e Frank Miller, mas eu realmente não lia Batman a um bom  tempo, por isso acredito que não nos baseamos em nenhuma história de Batman em particular para criar “O Acordo”, eu estava mais influenciado por histórias em quadrinhos indie, especialmente o criador indie de assumir caracteres tradicionais, como Estranhas Aventuras e Mundo Bizarro.

Daniel Bayliss: Eu fui fortemente inspirado por Batman Ano 100 de Paul Pope, e muitos dos artistas de Batman Black and White, mas também a arte do brasileiro Rafael Grampá e estranhamente Al Columbia foi muito presente na minha mente no momento em que trabalhava. Graficamente eu queria ter uma uma sensação de animação muito bruto para ele, e não torná-lo parecido com o seu quadrinho americano convencional e regular.

Você pode nos contar alguns detalhes sobre o seu método de trabalho? Como as fases suas ideias passam a se tornar-se um webcomic?

Geraldo Preciato: A forma como Daniel e eu trabalhamos é muito simples, eu simplesmente escrevo, e passo-lhe uma idéia, normalmente ele começa a desenhar coisas no local, em seguida, discutimos a sensação e as impressões, como os personagens devem ser a semelhança e assim por diante, ele começa com um rascunho, enquanto eu vou trabalhando com o diálogo, se em certa fase vemos que algo não está legal nós mudamos, então ele arte finaliza as páginas e está feito.

Daniel Bayliss: E como só trabalhamos tarde da noite, todo esse processo envolve quantidades absurdas de cafeína, (risos).


Sua webcomic foi publicado em inglês, espanhol, português, alemão e também em italiano, tão grande foi o sucesso e como geograficamente foi sendo divulgado?

Geraldo Preciato: O Acordo, teve mais de 1,3 milhão de visualizações em todo o mundo, tem sido visto em todo o lugar, América do Norte, América do Sul, Europa, Ásia, praticamente em todos os lugares. Ainda estamos impressionados com a repercussão.

Daniel Bayliss: É inacreditável o número de pessoas que tinham visto nosso trabalho, nós nunca esperávamos esse tipo de reação quando postamos no nosso blog pensávamos que só nossos amigos iriam dar uma olhada no trabalho, talvez umas duas centenas de pessoas, mas a coisa acabou ganhando uma vida própria.

Depois de Batman: O Acordo, Demolidor: O Homem Sem Sentido da Moda! uma história bem-humorada, El Cid um horror ocidental, uma história de horror clássico como final de 6C e uma história em quadrinhos de super-heróis: O Ultimo Deus, novamente publicada. Fica claro que vocês gostam de variar os gêneros! O que devemos esperar da próxima história?

Geraldo Preciato:  Desde o início queríamos um blog para se assemelhar a uma revista de antologia como Heavy Metal, é por isso que o tipo de histórias e até mesmos os estilos de ilustração variam muito de uma história para outra. Acho que vamos produzir um pouco mais de sci fi e um pouco mais de humor.

Daniel Bayliss: Agora temos uma nova história, envolvendo um outro grande arquétipo de super-herói, e ela está recebendo muitos comentários.


Superman - O Ultimo Deus


Você pode nos dizer algo mais sobre as outras histórias que vocês publicaram?
Geraldo Preciato: 6C veio de um pesadelo que eu tive, que era muito assustador por isso decidimos torná-lo uma história em quadrinhos em silêncio. Decidimos desde o início nos concentrarmos em histórias curtas para que pudéssemos conseguir algum impulso e ganhar experiência, eu também adoro futuros choques contos como 2000AD, assim você pode ver um pouco disso em El Cid, eu acho.
Essa Graphic Novel que você começaram a trabalhar que foi mencionado em seu blog, você poderia nos dizer algo mais?
Geraldo Preciato: Eu acho que é a melhor história que eu já escrevi, tive a ideia dessa história a mais de 10 anos, provavelmente, espero que possamos concluir esse projeto muito em breve. E não posso te dizer mais nada, para não prejudicar o impacto!

Agradecimentos ao Gerardo Preciado e Daniel Bayliss pela boa vontade e disponibilidade de conceder essa entrevista.




3 comentários:

  1. Olá amigo Gacho Negro,
    Grato pelo seu comentário, a tempos que você acompanha o blog eu sei, mas não comentava nada ...
    Pois é esses meninos mexicanos são incríveis e neste ano que vem vamos ter muito material novo, que a equipe está traduzindo e preparando, vale a pena esperar.
    Abração, Bom Natal e um Feliz ano se 2016.
    Sabino

    ResponderExcluir
  2. Ola amigos.
    Fico contente que vocês pretendem continuar o projeto e traduzir outras publicações.Eu gostaria de fazer uma sugestão.Há um super heroi argentino muito legal chamado CAZADOR e que nunca teve nada traduzido aqui no Brasil porque os grupos de scans só se interessam por hqs americanas,japonesas ou européias e trabalhos maravilhosos como esse e tão perto do nosso país são desconhecidos.
    Deixo dois links que contem para baixar praticamente tudo que foi publicado na Argentina desse heroi.Pensem com carinho no projeto mas mesmo que vocês não queiram traduzi-lo para nosso idioma,pelo menos leiam porque é um trabalho de excelente qualidade.

    http://archivo-de-comics.blogspot.com.br/2013/12/cazador-antologia-1992-2000.html

    http://archivo-de-comics.blogspot.com.br/2012/02/cazador-comix.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...