A Lenda


Fantasma, O Espírito que Anda



Na escuridão da selva, os tambores murmuram: Há mais de 400 anos, uma embarcação foi atacada por piratas Singh. O filho de um lorde inglês, que sobreviveu na costa de Bengala, foi acolhido por pigmeus Bandar, Algum tempo depois, recuperado fisicamente, mas ainda tomado pela dor da perda, o jovem Kit, toma o crânio descarnado do assassino de seu pai (reconhecido por trajar as roupas de seu pai), profere o célebre juramento da caveira:


"Juro dedicar minha vida à tarefa de destruir a pirataria, a ganância, a crueldade e a injustiça. E meus filhos e os filhos de meus filhos me perpetuarão".


A partir daí surge a dinastia do fantasma de pai para filho, uma herança é passada. Sempre com o mesmo uniforme, e por séculos combatendo a vilania, surge o mito da imortalidade. Na verdade, o atual herói é da 21ª geração da Dinastia do Fantasma e se chama Kit Walker como todos os seus antecessores.






Criação
O Fantasma é um personagem criado por Lee Falk (também criador do Mandrake), Falk encarregou ao desenhista Ray Moore do desenho de suas histórias. 


O Fantasma
O Fantasma é um combatente do crime mascarado que usa uma roupa colante, nada muito diferente de hoje, porém, a série começou a ser publicada em jornais diariamente em 17 de fevereiro de 1936 , e aos domingos como edição colorida, em maio de 1939 , continuando até os dias atuais, ou seja o Fantasma é um personagem tão antigo, que alguns fãs afirmam que ele realmente tem 400 anos . Outra coisa que devemos nos lembrar é que o fantasma é o primeiro herói á usar um uniforme, fato que deve ter influenciado toda a geração de super-heróis que surgiram depois dele.


A Linhagem
Já que o Fantasma é uma linhagem e não um só um homem, todo Fantasma deve se casar para dar continuidade a sua linhagem se casando com as mais diferentes mulheres como rainhas, princesas ou até mesmo com uma garçonete suíça. A mãe do atual Fantasma era americana por isso quando jovem, Kit for enviado para América para receber um educação formal, na casa de seus tios no Missisipi, onde por volta dos 12 anos o jovem Kit resolve fugir após um briga com o valentão da escola é convencido a desistir da idéia por um jovem garotinha de 8 anos chamada Diana Palmer, que mais tarde viria a se tornar sua esposa.


O jovem Fantasma então cresce se desenvolvendo tanto intelectualmente como fisicamente, se tornando um atleta excepcional. Até que chega uma mensagem da Floresta Negra, que seu pai estava próximo da morte e pedia sua presença. Kit chega e encontra seu pai coberto de graves ferimentos, deitado sobre peles de animais a espera da morte. Ao chegar Kit repete o juramento da Caveira e recebe os dois anéis, um com a marca da caveira e outro como a marca do bem. Morre o 20° Fantasma e o Jovem Kit se torna o atual herói..





13 comentários:

  1. Sou um apaixonado pelo fantasma, porque gosto de herois invencíveis. Tenho hoje 61 anos e quando jovem nos anos 50 e 60 esse era o gibi que mais gostava de ler. O Fantasma tem uma aura de invencibilidade, mistério e um quê de sobrenatural sem que isso seja própriamente explícito. Dessa forma deixa isso à imaginação do leitor. A História deixa entrever que os pigmeus com seus ritos sagrados devem ter-lhe fechado o corpo e lhe dado um certo poder, mas o legal é que embora isso fique meio que perceptivel não é explícito, mostrando um homem normal que se traveste de mascarado. Frases como "Há ocasiões em que o "ESPIRITO QUE ANDA" deixa a floresta e caminha entre os homens" ou "Nunca se deve irritar o Fantasma" além daquelas desaparecidas quando a pessoa está falando com ele e olha para o lado e quando volta para ele o dito desapareceu, além da "PROTEÇÂO DO FANTASMA" que sempre chega aos ouvidos dele na caverna da caveira, emprestam-lhe essa aura misteriosa e insondável e inexplicavel que deixa à imaginação do leitor várias indagações. Para mim foi o melhor de todos os herois. Uma pena que não fosse bem explorado no cinema que fez uma versão muito ruinzinha do fantasma. Parabens para o desenhista da segunda geração dos desenhos do Fantasma que lhe emprestou essa aura misteriosa que ele não tinha tão reforçada na primeira geração. Esperemos que esse que é para mim o melhor de todos o herois seja lembrado e no futuro mais bem explorado. Com certeza será um retumbante sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Bela iniciativa os blogs dedicados à memoria dos quadrinhos mundiais. O Fantasma representa boa parte dessas lembranças inesquecíveis. Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Fico pensando: será que Bob Kane se inspirou no Fantasma ao criar o Batman?

    ResponderExcluir
  4. o fantasma somado ao batiama marcou minha infancia.eu tinha um jogo de mega drive ´´phanton 2040``muito maneiro.curti pra caramba!

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonado por HQs, DCnauta e bat-maníaco, herdei isso dos meus tios que também adoravam o Fantasma mas nunca tive oportunidade de pegar um revista do mesmo pra ler pois essas já tinham se perdido com o tempo, o mais próximo que cheguei do Fantasma foi pelo filme e por um desenho que passava na globo, Fantasma do futuro ou algo assim, eu não lembro muito bem. O que mais me atrai no personagem é a questão do legado, acho uma grande sacada e pode ser usada pra sempre atualizar o personagem conforme a geração de leitores. Parabéns pelo blog, gostei bastante e gostaria de saber se ainda são publicadas histórias novas do Fantasma fora do país e caso sim se alguma editora publica ainda aqui no brasil. Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Ótimo, conheci o fantasma pelo filme de 1996, me interessei pelo personagem, ainda mais recentemente.

    ResponderExcluir
  7. O Fantasma !!
    Conheci pelo meu Avô que deixava eu ler as tiras no jornal, depois vieram os gibis. Conheci Pai de amigo meu que tinha coleção completa desde os anos 50 ! Incrível !!

    ResponderExcluir
  8. Olá meu amigo,
    Eu também conheci através de um primo, e virei fã do Fantasma, e agora temos o blog que trás as grandes aventuras deste incrível herói.
    Abração
    Sabino

    ResponderExcluir
  9. O fantasma foi um dos personagens q mais gostei durante minha infância e adolescência, não pude acompanhar suas publicações na época por não ter dimdim pra bancar uma coleção, mas achando esse blog fiquei muito feliz, pq agora posso ver grandes histórias desse herói fabuloso. Parabéns pelo excelente blog. ta show de bola.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Richard, seja bem vindo ao nosso blog, você agora faz parte da grande família que curte "O Espírito que Anda". Abração

      Excluir
  10. tenho hj 78 anos e desde guri acompanho as sagas do " fantasma "comecei antes de saber ler olhando as revistas de meu tio.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...