sábado, 30 de junho de 2018

ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 103

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

sexta-feira, 29 de junho de 2018

O NOVO DESENHISTA DO FANTASMA

ENTREVISTA COM O NOVO DESENHISTA DO FANTASMA PARA A EDITORA FREW, DA AÚSTRALIA, O BRASILEIRO WENDELL CAVALCANTI

 

Olá meus amigos, trazemos hoje com exclusividade uma entrevista com o mais novo desenhista do Fantasma, o brasileiros Wendell Cavalcanti, que gentilmente concedeu esta entrevista ao nosso colaborador e reporter do Blog Fantasma Brasil, e do canal Fantasma Brasil TV, o professor Glaucio Cardoso.

Com a palavra o professor Gláucio:

1.  Glaucio - Fale-nos um pouco de sua trajetória como ilustrador. Como começou? Com que idade? Quais artistas te servem de referência?

Wendell - Desenhar eu desenho desde garoto, assim como todo mundo. Muitos param de desenhar ainda criança, eu apenas continuei, pois adorava o ato de riscar o papel e ver algo que estava na minha imaginação surgir ali, na ponta do lápis. Agora, como ilustrador, comecei por volta de 97/98, mas só a partir de 2005 de forma profissional e contínua.
Sou leitor voraz de quadrinhos além de desenhista, então a lista é imensa. Como todos os profissionais eu fui influenciado por muitos artistas durante todos esses anos. Nós vamos aprendendo um pouco com cada um nessa caminhada, né? Mas eu poderia dizer os que estão na minha estante (uma prateleira bem em frente à minha prancheta) e que uso, atualmente, com frequência pra estudos (de tempos em tempos essa lista muda): Alex Toth, Sean Gordon Murphy, Pia Guerra, Mozart Couto, Greg Tochinni, Mastantuono , Marco Mateu-Mestre e outros... Talvez algum dia eu aprenda a desenhar com todos esses talentos reunidos nessa estante.

Estudo de Wendell mostrando a forte simbologia do Juramento da Caveira

1.  Glaucio E você é também um fã de longa data do Espírito que Anda, não? Quais seus artistas favoritos que já trabalharam com o personagem?

Wendell - Sim, sim, sou fã desde garoto. Meu pai que me apresentou ao Fantasma. E logo de cara gostei do personagem (de Batman também). A mistura de selva, herói uniformizado e ação me arregalou os olhos. Era o comecinho dos anos 80, eu me entendendo por gente e ficando interessado em tv e cinema (onde meu pai também me levava). Foi uma época de descobertas. Os quadrinhos eram uma viagem bem mais agradável que a tv. Colecionei Fantasma a partir daí.
Quanto aos artistas, não são muitos, mas já vou logo citando Ray Moore. Apesar de, naquela época, eu nem mesmo saber o que era clima noir, era isso que me atraía. A ambientação escura, o herói esguio e misterioso... Desde sempre ele está na minha lista.  Sy Barry, por aquele traço classicão. Gosto muito de Paul Ryan e Graham Nolan também.

Glaucio -   Como surgiu o convite para desenhar o Fantasma para a Frew?

Wendell - Há um tempo atrás, depois de finalizar minha participação na série da Image chamada BLACKACRE, continuei trabalhando com autores independentes (boa parte de meu material é independente) e um roteirista australiano chamado Tor Dollhouse entrou em contato comigo encomendando algumas ilustrações e querendo desenvolver uma hq. Com o tempo, mantendo contato frequente, ficamos amigos. Eu sabia da longevidade do Fantasma na Austrália, mas eu não conhecia nada do mercado lá. E conversamos bastante sobre isso. Até que surgiu a ideia de enviarmos um pitch pra editora. Tor escreveu cinco páginas de roteiro e uma sinopse e eu deveria ter desenhado cinco páginas. Mas eu estava com um outro trabalho me tomando tempo e ansioso pra enviar o pitch para a Frew. Acabou que enviamos o roteiro e duas páginas que eu havia feito, somente. 
Passaram-se algumas semanas sem contato deles e um dia  Tor foi convidado pra ir até a editora. O editor, Glenn, havia gostado das duas páginas que eu havia feito e particularmente se interessou por um dos Fantasmas que desenhei nessas páginas. Glenn fez uma chamada de vídeo pra mim (eram 6 da manhã aqui) pra dizer que Tor e eu faríamos parte da equipe de criação.  Desde esse dia somos do Team Phantom. Tor está desenvolvendo as ideias pra um novo roteiro, mas o editor me enviou um outro roteiro de um roteirista sueco e já comecei a trabalhar.

O Fantasma de Wendell Cavalcanti, que captou muito bem o espírito do personagem

    Glaucio - O Fantasma é um dos personagens mais icônicos dos quadrinhos. Como é para você, enquanto fã e também enquanto profissional, estar agora trabalhando com o personagem de Lee Falk? O senso de responsabilidade é grande?

Wendell - Cara, eu leio o roteiro, que está aqui na minha frente e ainda não acredito. Eu mesmo jamais imaginei que um dia fosse desenhar o Fantasma. Ainda que quando garoto e boa parte da adolescência eu passasse as horas de folga desenhando vários Fantasmas no meu caderno de escola, não era algo que eu pensasse que fosse realizar. Mesmo quando comecei como quadrinista, ainda assim achava que não fosse ocorrer. Ora, bem sabemos como é a vida de um profissional de quadrinhos e, na minha visão eu tinha uma estrada muito loooooonga pra percorrer antes de pensar em um personagem tão icônico.

Sinto a responsabilidade, sim. É grande. Ainda que no Brasil não haja mais um interesse de se publicar o Fantasma, na Austrália o personagem tem sua legião de fãs e é publicado há quase setenta anos. Todo artista que assume um título espera poder fazer um trabalho que agrade aos fãs. Sinto o frio na barriga, mas aqui estamos. Vou encarar e dar o meu melhor, afinal, há artistas incríveis que fizeram o trabalho antes de mim e isso intimida. Rsrsrs... Eu não cheguei ao fim da estrada. Ainda tenho muito o que aprender. E estou aprendendo na prática, com um personagem que admiro.


Estudo do personagem feito por Wendell

   Glaucio - Um fã do Fantasma (Celso Nunes) pediu que lhe perguntasse se você pensa em colocar marcas “brazucas” em sua arte, como fez o Eduardo Ferigato que ao trabalhar em The Last Phantom (Dynamite) chegou a colocar um avião Tucano da Esquadrilha da Fumaça em uma loja de brinquedos durante a história. Será que poderemos ver algum tipo de homenagem ao Walmir Amaral, que desenhou o Fantasma para a saudosa RGE?

Para o Celso:

Wendell - Eu costumo fazer brincadeiras com amigos próximos. Inserindo-os nas histórias como personagens coadjuvantes ou apenas figurantes, colocar algo de uma hq ou filme que eu goste. Nas páginas que eu enviei como proposta, há uma citação discreta ao Fantasma da série de 1943, com Tom Tyler, por exemplo – espero que um dia essas páginas possam ser publicadas. Rs
Eu adquiri há algum tempo, aquela edição da Opera Graphica, com a biografia do Fantasma e fiquei maravilhado em saber que outros  artistas brasileiros, além de Walmir, haviam trabalhado com o Fantasma. Gutemberg Monteiro, por exemplo. Eu sabia que havia artistas brasileiros, mas não sabia quem.
Se houver alguma abertura nos roteiros pra que eu possa fazer algo, sim, farei.

Estudo de outro personagem: Phantom Girl

1.    Glaucio - Que tipo de histórias veremos nessa fase da Frew? Quais suas expectativas para esse trabalho?
1.
Wendell - A Frew quer trazer novos leitores, com histórias novas e um pouco mais modernas, porém, claro, mantendo a essência do Fantasma.
As expectativas? Gizuiz, as expectativas... Tenho a expectativa de sentir o frio na barriga e ansiedade pesada. Talvez um pouco de náusea.
 Não queremos reinventar a roda, fazer um reboot superespetacular ou algo assim. Queremos contar boas histórias, tentando modernizar sem descaracterizar. Histórias talvez mais violentas, talvez mais aventurescas, talvez com uma pitada do desconhecido – que atiçava a imaginação dos fãs do Fantasma antes... Estamos discutindo ideias e Glenn, o editor, é bastante empolgado com os novos conceitos.
Há outros projetos sendo cogitados, mas infelizmente nada posso falar agora.
A equipe:  Tor Dollhouse, o roteirista e eu tentaremos contar histórias empolgantes, que divirtam, que façam os leitores olharem de novo para o Fantasma e vê-lo como um personagem relevante.

Outros estudos realizados por Wendell

1.     Glaucio - Agradecemos muito por sua atenção e, em nome da Equipe Fantasma Brasil, te desejamos muito sucesso nessa empreitada. Esse espaço é livre para que você envie seu recado a todos os fãs do Espírito que anda.

Wendell - Eu que agradeço a equipe. Obrigado pelas palavras gentis.
Aos fãs, espero que gostem do que vem por aí.
 Falo em nome da (imensa) equipe: Daremos nosso melhor. Obrigado e um grande abraço a todos.


Nossos agradecimentos ao Wendell por conceder esta entrevista, e deixamos os parabéns ao nosso colaborador o professor Glaucio pela magistral condução desta entrevista.





COLEÇÃO KOMICS # 44


SCAN: COMICS NA WEB




ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 102

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio


quarta-feira, 27 de junho de 2018

STRANGOL ATACA


TRADUÇÃO E DIAGRAMAÇÃO: SABINO




Olá galera, uma boa quarta feira para todos os fãs do Fantasma que acompanham o nosso blog.
E hoje é um dia de grandes emoções, por isso trouxemos esta grande aventura do Espírito que Anda, onde ele enfrenta um grande inimigo, passando por grandes perigos, preparando os corações, para logo mais as 15:00 hs. torcermos pela Seleção Brasileira.
Mais uma vez nosso herói luta com este grande inimigo que sempre utiliza equipamentos inusitados para conseguir atingir os seus objetivos.

Então chega de conversa, e não perca mais tempo e faça o download e boa leitura. 


ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 100

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

terça-feira, 26 de junho de 2018

O TERROR VINDO DO ESPAÇO


SCAN: GUIA RGE




ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 099

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio


DIVULGAÇÃO

                          

Olá amigos, grato por sua visita ao nosso blog. E hoje estamos divulgando a próxima atração no blog: mais uma tradução de uma edição inédita em português que foi publicada a 43 anos atrás pela Charlton Comics Publisher.
Mais uma grande aventura do Espírito que Anda, que vai enfrentar um perigosíssimo inimigo, principalmente porque é movido por uma vingança contra o Fantasma.
Strangol está de volta, utilizando sempre uma tecnologia de ponta, como já vimos,: lasers em miniatura, um automóvel, que mudou se transformando em helicoptero; e desta vez ele trás novamente um equipamento inusitado, para combater nosso herói.
Acompanhado de sua bela cumplice: Linda, ele comete um grande roubo e ameaça mortalmente nosso herói.
Então fique ligado que logo estaremos postando essa aventura que você não pode perder.

segunda-feira, 25 de junho de 2018

ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 098

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

domingo, 24 de junho de 2018

SUPLEMENTO DOMINICAL – 049


E hoje domingo, mais um capítulo dos dois episódios que estamos postando da misteriosa aventura deste grande herói das selvas, criado pelo grande mestre da Arte Sequencial: Alex Raymond, ambientada na distante e misteriosa Birmânia.
Esta aventura de Jim das Selvas “Caçada a Karnak” foi uma produção de Alex Raymond, e a tradução e diagramação do amigo José Queiroz.

E na aventura do Fantasma: “Problemas nas doze Nações” nosso herói e seus amigos continuam na luta para desarticular o movimento contra a candidatura de Monar o primo de Lothar; à presidência das 12 Nações.
O roteiro é de Tony De Paul, arte de Terry Beatty, cores de Tom Smith e a tradução e diagramação do Glaucio.

JIM DAS SELVAS -  CAÇADA A KARNAK – 010

Clique na imagem para ver numa resolução maior

FANTASMA – PROBLEMAS NAS DOZE NAÇÕES – 023 

Clique na imagem para ver numa resolução maior

O Fantasma e Hojo, acabam com o grupo de assassinos, e vão ao encontro de Lothar e Monar, será que estão muito feridos?

Jim das Selvas e Kolu tentam desesperadamente escapar dos caçadores de cabeça, e Ul é levada para o esconderijo de Karnak, num lago escondido.
Poderá Jim das Selvas se salvar e salvar Ul das garras de Karnak?
No próximo domingo, a resposta para essas instigantes perguntas.

Até lá amigos, boa semana para todos, e que na quarta feira não soframos tanto como sofremos na sexta feira no jogo da seleção brasileira.

sábado, 23 de junho de 2018

ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 097

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

sexta-feira, 22 de junho de 2018

ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 096

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

segunda-feira, 18 de junho de 2018

ACERTO E CONTAS COM O NÔMADE – 092

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

domingo, 17 de junho de 2018

SUPLEMENTO DOMINICAL – 048


E hoje domingo, continuamos com os dois episódios que estamos postando da misteriosa aventura deste grande herói das selvas, criado pelo grande mestre da Arte Sequencial: Alex Raymond, ambientada na distante e misteriosa Birmânia.
Esta aventura de Jim das Selvas “Caçada a Karnak” foi uma produção de Alex Raymond, e a tradução e diagramação do amigo José Queiroz.

E na aventura do Fantasma: “Problemas nas doze Nações” nosso herói e seus amigos continuam na luta para desarticular o movimento contra a candidatura de Monar o primo de Lothar; à presidência das 12 Nações.
O roteiro é de Tony De Paul, arte de Terry Beatty, cores de Tom Smith e a tradução e diagramação do Glaucio.

FANTASMA – PROBLEMAS NAS 12 NAÇÕES – 022

Clique na imagem para ver numa resolução maior
Clique na imagem para ver numa resolução maior

Monar e Lothar  escapam miraculosamente do atentado ao carro, mas agora são ameaçados por atiradores...

Parece que o fim está próximo para Jim das Selvas, e finalmente Ul encontra-se com o perigoso Karnak.

No próximo domingo, mais um capítulo dessas duas grandes aventuras.

Até lá amigos, e boa semana para todos!!!



sábado, 16 de junho de 2018

ACERTO DE CONTAS COM O NÔMADE – 091

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

sexta-feira, 15 de junho de 2018

quinta-feira, 14 de junho de 2018

HUMOR XVIII


ASSIM SERIA O ESPÍRITO QUE ANDA NO UNIVERSO DOS SIMPSONS

ACERTO DE CONTAS COM O NÔMADE – 089

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio

terça-feira, 12 de junho de 2018

ACERTO DE CONTAS COM O NÔMADE – 087

Clique na tira para visualizar em tamanho maior

Tradução e diagramação: Glaucio



segunda-feira, 11 de junho de 2018

O ESPÍRITO QUE ANDA # 11


SCAN, TRADUÇÃO  E DIAGRAMAÇÃO: SABINO

Olá pessoal uma boa semana para todos, que são fãs do Espírito que Anda.
E aí está a quarta edição de um arco de cinco edições da revista "O Espírito que Anda", que vem apresentando a mini-série "A Queda de um Deus", que continua inédita em português, e que o blog Fantasma Brasil trás com exclusividade para os fãs do Fantasma.
A situação está muito difícil para nosso herói, depois de enfrentar  três vilões, e acabar capturado, agora terá que enfrentar três gladiadores ao mesmo tempo, depois uma grande fera selvagem, e se sobreviver terá o maior choque da sua vida.
Então amigos não percam tempo, e façam logo o download desse arquivo, para acompanhar essa aventura; enquanto nosso herói ainda respira... 
https://www113.zippyshare.com/v/mCnpAJNa/file.html

E em breve a edição final desse incrível arco.






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...