terça-feira, 24 de setembro de 2013

CURIOSIDADES SOBRE O FANTASMA

A RAINHA SAMARIS

Olá amigos do blog Fantasma Brasil, hoje o “Curiosidades” trás uma das mais estranhas histórias criadas por Lee Falk, aventura esta que criou muitas controvérsias!

A aventura da rainha Samaris é mais uma das histórias do Fantasma que é difundida entre as tribos de Bangalla.

Ela fez uma única aparição na página dominical em 1961-1962: “A Rainha Samaris XII”, e é revelado que ela tem sido considerada como uma das mulheres mais bonitas do mundo - há mais de 300 anos! Em seu país havia muitas bruxas poderosas e por ordem da rainha Samaris uma delas realizou um feitiço garantindo que a rainha se mantivesse jovem e bonita para sempre.

Uma das feiticeiras de sua terra realizou o feitiço para deixa-la bela eternamente, em troca de uma fortuna que traiçoeiramente a rainha não lhe pagou e mandou acabar com a feiticeira. Esta por sua vez lançou-lhe uma maldição de que se a rainha se apaixonasse o feitiço seria quebrado.

A única condição para o feitiço se manter é que a rainha jamais poderia se apaixonar, se isso viesse a acontecer o feitiço seria quebrado e ela morreria. Samaris arquiteta um plano muito complicado para proteger o segredo de sua eterna juventude. Ela se casa com o príncipe Lolan (mas apenas no nome) e o casal parte em lua de mel no exterior por 12 meses, durante o qual ela anuncia que ela deu à luz a uma filha: a Princesa Samaris. A história naturalmente é um artifício!
Quando seus "maridos" morriam, Samaris viajava para o exterior para buscar a sua "filha" de 19 anos e era recebida a notícia de que a rainha Samaris havia morrido na viagem. Sua filha (a princesa Samaris) retorna para assumir o controle do trono.
Esta encenação elaborada se repete com 11 "maridos" e 11 "filhas"! Até o dia que Samaris encontra o Fantasma e descobre que ele, supostamente, tem pelo menos 400 anos de idade!

A rainha Samaris imagina que o Fantasma tenha também um segredo como o dela, e resolve se casar com ele.

Diante da recusa do Fantasma, Samaris aprisiona o Fantasma em seu castelo...

A rainha acaba se apaixonando pelo Fantasma, o feitiço é quebrado e ela vira pó diante de seus olhos.

...Até que ela não suporta mais sua paixão e procura o Fantasma para liberta-lo e declarar o seu amor, então eles ouvem uma sinistra gargalhada da feiticeira que havia sido morta, prenunciando a quebra do feitiço...

No mesmo instante Samaris começa a envelhecer e foge para seu quarto, para envelhecer até virar pó, diante dos olhos incrédulos do fantasma.

Nesta cena o desenhista Bill Lignante comete o “sacrilégio” de desenhar os olhos do Fantasma, para expressar todo o impacto da cena, os fãs do Fantasma ficaram chocados!

Esta fantástica história foi desenhada pelo ilustrador americano Bill Lignante, que havia assumido a página dominical do Fantasma, após a morte súbita de Wilson McCoy; após longo tempo cuidando das tiras do personagem. Com ou sem a permissão de Lee Falk, Lignante quebrou a tradição, mostrando o contorno das orelhas do fantasma sob o capuz, mas fez muito pior - mostrando os olhos do Fantasma por trás de sua máscara!
Em todo o mundo, os fãs fanáticos do Fantasma ficaram chocados. Lignante, ao que parecia, foi apressadamente substituído por Sy Barry, que tinha acabado de ser contratado como artista para assumir as tiras diárias do Fantasma.
Os boatos se espalharam rapidamente, de que Lignante havia sido demitido, mas Falk negou que isso tenha ocorrido; e Bill Lignante confirmou esta versão dos acontecimentos. A verdade por trás da nomeação de Barry é que ele já estava ilustrando a tira diária e seu contrato rezava que iria assumir as páginas dominicais simplesmente os fatos coincidiram com Lignante terminando seu contrato provisório com a King Features Syndicate.
Anos mais tarde, Lignante explicou que havia desenhado os olhos do fantasma como sendo bastante vital para a cena de grande impacto quando Samaris virava pó na frente do impressionado Fantasma, mas a controvérsia nunca desapareceu.
Esta magnifica aventura do fantasma quando foi adaptada para o formato “comic book” recebeu uma belíssima capa pintada por George Wilson, e muitas outras capas foram criadas em todo o mundo onde a aventura foi publicada.

A belíssima capa pintada por George Wilson, para a editora Gold Key.

Capa pintada para a edição Indiana do Fantasma, publicada pela  Editora Indrajal comics.

Capa brasileira para a edição # 70 da revista Fantasma Magazine publicada pela Editora RGE.

Capa brasileira para a edição # 42 da revista Fantasma publicada pela  Editora Globo.

Aí está meus amigos mais uma grande aventura clássica do Fantasma, criada pela mente genial de Lee Falk, e ilustrada por um grande artista dos comic mundiais: Bill Lignante.













4 comentários:

  1. Maravilhoso texto, Sabino. Particularmente, esta é uma de minhas histórias prediletas e acho muito coerente o volume das orelhas do Fantasma.

    ResponderExcluir
  2. Olá amigo Glaucio,
    Obrigado por seu reconhecimento, eu também sou fã desta história que é muito interessante. Quanto ao volume das orelhas no capuz do Fantasma, concordo com você, isso deixa a figura do Fantasma menos estilizada e mais real.
    Na minha opinião o Bill Lignante foi um dos melhores desenhistas do Fantasma, junto com o Ray Moore, Wilson McCoy e Sy Barry.
    Grande abraço
    Sabino

    ResponderExcluir
  3. bom dia Sabino!
    Excelente matéria !!!esta história eu não tenho..... mais achei muito legal, gostei muito das capas de George Wilson... muito bom !!!ele ilustrou várias capas do Fantasma pela RGE também ... se eu não me engano. Quanto ao trabalho de Bill Lignante não conheço muita coisa, pois ele ficou muito pouco tempo desenhando o Fantasma como você disse texto acima, na minha coleção de gibis eu tenho muitas histórias desenhadas pelo lendário Ray Moore e o incomparável Wilson McCoy então não tive muito contato com os desenhos do Bill, mais vendo agora também foi um grande desenhista mais ainda prefiro mais os dois primeiros(Moore e McCoy) rsrs

    Grande abraço!!!

    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marcos,
      Esta aventura do Fantasma é muto boa, e o George Wilson desenhou muitas capas do Fantasma para a Editora Gold Key e são obras primas pintadas, de um período em que não existia o Photoshop ou qualquer programa gráfico.
      Gosto muito dos desenhos de Bill Lignante que mostram um Fantasma sério, misterioso bem de acordo com a proposta de Falk, agora o Ray Moore e Wilson McCoy são muito feras.
      Grande Abraço
      Sabino

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...